Conecte-se com a Torre

Crítica | Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald – Era bom, mas parece que piorou

Críticas

Crítica | Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald – Era bom, mas parece que piorou

Resultado de imagem para animais fantásticos os crimes de grindelwald

O segundo filme da nova saga do Mundo Bruxo de J.K. Rowling já está entre nós, e bem, o que falar desta nova franquia que mal conheço, mas pouco confio?

O primeiro filme apresentava uma proposta bastante ousada e interessante, porém, o que transparece na sequencia é que buscaram inovar demais e isso não deu muito certo. É evidente que J.K. Rowling seja uma ótima escritora de livros, pois a estrutura deste filme, mais do que o antecessor, é a de uma obra literária sendo transcrita em outra mídia. A lógica de atos não fica estritamente explícita, mas subentendida.

No entanto, figurino, cenários e até a maquiagem são de se parabenizar, pois transmitem todo o ar da época na qual se passa. Seus efeitos especiais, direção de som e demais qualidades técnicas são ótimas, mas o que mata mesmo é o roteiro e até a incoerência com fatos já confirmados pela autora em tempos passados, mas ao que parece não valem na produção cinematográfica.

As atuações são outro ponto forte do filme, destaca-se até o Johnny Depp envolto em polêmicas e fama de “ator de apenas um papel”, neste, ele surpreende de forma magnífica, de forma que não o víamos há muito tempo, e não apenas ele, Eddie Redmayne se supera á cada cena que aparece, mas ele não parece ser o foco da trama, nem mesmo do filme, apesar de ser o protagonista. Enquanto Johnny Depp brilha saindo do usual, Ezra Miller apresenta mais do mesmo de suas atuações.

VEREDITO
Como já explícito, é maravilhoso ver o renascimento da franquia Harry Potter nos cinemas, e também é incrível que a autora e criadora deste universo esteja assumindo o controle, porém, em muitas ações e escolhas da mesma, fica claro que ela necessita de alguém com uma certa experiência e tato com produções cinematográficas para auxiliá-la em suas decisões. Em suma o filme é incrível, menos quando ele tenta impressionar demais, como no seu desfecho que busca ser épico e se torna anti-climático. Sendo assim, é justo esperar o que mais a nossa querida escritora nos guarda no futuro.

CONFIRA O TRAILER E A SINOPSE

Não recomendado para menores de 12 anos
Newt Scamander (Eddie Redmayne) reencontra os queridos amigos Tina Goldstein (Katherine Waterston), Queenie Goldstein (Alison Sudol) e Jacob Kowalski (Dan Fogler). Ele é recrutado pelo seu antigo professor em Hogwarts, Alvo Dumbledore (Jude Law), para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald (Johnny Depp), que escapou da custódia da MACUSA (Congresso Mágico dos EUA) e reúne seguidores, dividindo o mundo entre seres de magos sangue puro e seres não-mágicos.
Continue lendo
Leia também...
Comentários

Mais em Críticas

Topo