Conecte-se com a Torre

PlayStation 5 tem especificações técnicas reveladas em detalhes

Notícias Games

PlayStation 5 tem especificações técnicas reveladas em detalhes

A Sony divulgou nesta quarta-feira (18) todas as especificações técnicas do PlayStation 5.

O console terá 10.28 Teraflops em sua GPU e 825GB de armazenamento interno de SSD. Todos os detalhes foram revelados por Mike Cerny, arquiteto chefe do console.


Especificações Técnicas do PS5

  • GPU: 10.28 Teraflops (com frequência de 2.23GHz)
  • CPU: AMD 8x Zen 2 Cores (3.5GHz)
  • Memória/Interface: 16 GDDR6 (256-bit)
  • Armazenamento Interno: 825GB SSD
  • Armazenamento Externo: Suporte à USB HDD
  • Driver de Disco: 4K UHD Blu-Ray Drive

“O desempenho é notavelmente diferente, porque ‘teraflops’ é definido como a capacidade computacional do vetor ALU*. Essa é apenas uma parte da GPU, existem muitas outras unidades – e essas outras unidades funcionam mais rapidamente quando a frequência da GPU é mais alta. Com uma frequência 33% mais alta, a rasterização é 33% mais rápida, o processamento do buffer de comando é muito mais rápido, os caches L1 e L2 têm uma banda muito maior e assim por diante.”

Mike Cerny


A apresentação também mostrou as vantagens da GPU do PS5, além de destacar como o SSD ajuda na nova geração de consoles com velocidades mais rápidas de loading.

Mike Cerney também detalhou a GPU customizada da AMD, o RNDA 2 com 36 unidades funcionando com frequências de 2,23 GHz, entregando uma eficiência média de 10,28 Teraflops.

 

GPU em detalhes

Image

A GPU terá suporte para Ray-Tracing como mencionado em outras oportunidade. Porém, foi deixado claro que desenvolvedores “não precisarão utilizar” obrigatoriamente essa tecnologia para produzir no PS5.

O novo console terá um sistema para dar um “boost” nos gigahertz da GPU quando for necessário para carregar detalhes de alguns jogos. O boost será possível graças à um transistor de densidade do RDNA2, 62% a mais do PS4.

Um artigo detalhado do Eurogamer afirma que o foco da Sony é justamente que uma GPU menor pode ser uma GPU mais ágil. Foi citado também que: “a inferência é que o núcleo gráfico do PS5 deve ser capaz de oferecer um desempenho maior do que o esperado de um número de TFLOPs que não abrange com precisão os recursos de todas as partes da GPU”.

“De certa forma, isso se torna um problema mais simples, porque não há mais incógnitas. Não há necessidade de adivinhar qual consumo de energia o pior caso pode ter. Quanto aos detalhes da solução de resfriamento, estamos guardando-os para a desmontagem – acho que você ficará muito feliz com o que a equipe de engenharia criou “

Mike Cerney

 

Retrocompatibilidade

Image

A retrocompatibilidade foi confirmada apenas para o PlayStation 4 sendo que “quase todos estarão disponíveis no lançamento”. Entretanto, não foi citada em nenhum momento a retrocompatibilidade com os consoles das gerações anteriores.

 

SSDs

Image

Também foi bem destacada em detalhes a utilização dos SSDs. No PlayStation 5, os SSDs de 825GB poderão carregar 5,5GB em um segundo; o desempenho é 100 vezes mais rápido que o PS4.

Image

Cabe ressaltar que o desempenho do SSD que a Sony prometeu seria mais rápido do que o Xbox Series X, mesmo com menor espaço de armazenamento (1TB com 2,4GB/seg).

O armazenamento poderá ser expandido com um HDD externo para jogos de PS4. Os jogos de PS5 precisarão de “SSDs certificados“.

“O armazenamento expansível é possível e você não precisará de unidades proprietárias da Sony para obter o espaço extra desejado. No entanto, a curto prazo, pelo menos, o conselho é simples: não compre uma unidade NVMe sem a validação da Sony se planeja usá-la.”]

Eurogamer

 

Áudio

Image

Por fim, o último destaque da apresentação foi para o áudio do PS5. Cerny prometeu “áudio 3Dpara os jogos no console com o Tempest Engine. Tecnicamente, seria um modelo aprimorado do 7.1 Surround.

Foi apresentado um exemplo prático: “Nos jogos atuais, a chuva é um som simples e único. Com o Tempest Engine, o PlayStation 5 tem como objetivo gerar a sensação de estar no meio do chuveiro, simulando o som das gotas de chuva individuais atingindo o chão ao seu redor.”

Image

Porém, foi pontuado que a aplicação desse projeto será “passo a passo” devido à complexidade do mesmo com a utilização de uma tecnologia chamada HRTF**. Em resumo, a mesma consegue diferentes reações/interpretações de pessoas com um som de acordo com suas características físicas.

“Talvez você esteja nos enviando uma foto do seu ouvido e usaremos uma rede neural para escolher a HRTF mais próxima de nossa biblioteca. Talvez você nos envie um vídeo de seus ouvidos e sua cabeça, e nós criaremos um modelo 3D deles e sintetizaremos a HRTF. Talvez você jogue um jogo de música para ajustar sua HRTF. Assim alteraremos sutilmente a aplicação da tecnologia à medida que você joga e conhece melhor o HRTF que oferece a maior pontuação, o que significa que ele combina com você. Esta é uma jornada que todos faremos juntos nos próximos anos. para permitir que todos experimentem o próximo nível de realismo.”

Mike Cerney

Não tivemos menções em relação ao design do console e do controle, além de possíveis preços ou data de lançamento.

A expectativa é de que o PlayStation 5 seja lançado no final deste ano.

 

Glossário
*Um processador de vetor, ou processador de matriz, é uma unidade de processamento central (CPU) que implementa um conjunto de instruções que operam sobre matrizes unidimensionais de dados chamados de vetores. Isto está em contraste com um processador escalar, cujas instruções operam em itens de dados individuais. (Wikipedia)
**Uma função de transferência relacionada à cabeça (HRTF) é uma resposta que caracteriza como um ouvido recebe um som de um ponto no espaço. À medida que o som atinge o ouvinte, o tamanho e a forma da cabeça, ouvidos, canal auditivo, densidade da cabeça, tamanho e formato das cavidades nasais e orais, todos transformam o som e afetam a forma como ele é percebido, aumentando algumas frequências e atenuando outras. (Wikipedia)

Comentários

Mais em Notícias Games

Topo