Artigos Cinema Notícias Cinema

Ben Affleck explica por que abandonou o papel de Batman

A passagem de Ben Affleck no papel de Batman foi um processo conturbado. Quando foi anunciado no filme Batman v. Superman: A Origem da Justiça, muitos fãs criticaram, baseando-se primariamente na sua interpretação do Demolidor no filme de 2003. Porém, após o lançamento do filme, o público veio a aceitar essa versão do Homem-Morcego, e mesmo os críticos mais fervorosos do filme elogiaram a interpretação  de Affleck como Batman. O filme foi um sucesso de bilheteria e Affleck reprisou o papel em seguida nos filmes Esquadrão Suicida e Liga da Justiça.

A escalação de Affleck, que além de ator é um roteirista e diretor experiente, sempre deu a entender que ele comandaria um filme solo do personagem, mas isso nunca aconteceu. Noticias de que o ator estaria com insatisfeito com o papel circularam pela internet, e depois de muito tempo sem dar explicações, Affleck deixou projeto, citando o dificuldades em desenvolver um roteiro que o agradasse. O filme foi assumido por Matt Reeves, que escalou Robert Pattison no papel.

Porém nessa terça (18), em um perfil da New York Times, o ator revelou que o motivo de ter deixado o papel eram bem mais pessoais do que ele havia dito antes.

Na entrevista, o ator confessou sua luta contra o alcoolismo e o quanto isso afetou sua vida pessoal e profissional. Entre os anos de 2015 e 2016, durante a produção de Batman V Superman e Liga da Justiça, foi quando o problema com a bebida mais se agravou. A produção de Liga da Justiça em si foi cheio de problemas, com a saída do diretor Zack Snyder em decorrência do suicídio da sua filha, diversas refilmagens e reformulações de roteiro de ultima hora foram estressantes para todos os envolvidos, tudo enquanto Affleck sofria o ponto mais intenso do alcoolismo além do colapso do seu casamento, coisa que era escancarada nas suas aparições em eventos promocionais. A decisão de se afastar do papel teve a ver com priorizar sua saúde. “Eu mostrei o roteiro [De Batman] para uma pessoa e ela disse ‘Eu gostei, mas eu acho que se você passar por isso de novo você vai se matar de tanto beber”.

Hoje o ator está estrelando The Way Back, filme do diretor Gavin O’Connor, que já colaborou com ele em O Contador. O filme fala sobre um ex-jogador de basquete cuja vida foi arruinada pelo alcoolismo, e agora quer dar a volta por cima como treinador do time de basquete em uma escola. Obviamente, o filme é extremamente catártico para o ator.