Análise | The Eternal Castle [REMASTERED] – A forma abstrata da nostalgia

Existem jogos que marcam gerações e inspiram outros jogos a serem melhores ou igualáveis. Há diversos jogos que lembram os velhos consoles e The Eternal Castle é um deles, porém, não é o único.

CONFIRA NOSSO VÍDEO DE PRIMEIRAS IMPRESSÕES

VISUAL

Para falarmos deste jogo, precisamos ter em mente que ele tem um estilo bem retrô, mas com uma cara bem moderna. Dono de uma animação a frente do seu estilo, o game tem um apelo visual incrível e usa de uma paleta de cores bem particular. Entretanto, possui momentos extremamente difíceis de jogar exatamente pelo seu visual.

Em momentos de escuridão, é bastante comum não conseguir identificar objetos, oponentes ou até mesmo o próprio cenário, o que pode ser apenas uma forma de incrementar mais dificuldade na gameplay, porém, no quesito de experiência em jogo é um ponto negativo que poderia ser resolvido com a adição de mais uma cor à sua paleta.

MECÂNICAS

As mecânicas de início são bem simples, baseadas em andar e bater, típico dos jogos de plataforma dos primeiros consoles. Porém, possuem as suas dificuldades de comandos – por exemplo, para aqueles que jogam no teclado, não precisam do uso do mouse, mas necessitam de uma habilidade maior no que diz respeito ao uso das teclas, pois em certos momentos é necessário apertar mais de uma ao mesmo tempo e às vezes as mesmas não estão tão próximas umas das outras. Já os adeptos do joystick se beneficiam bastante pela fluidez da jogabilidade.

Outro ponto que deve ser levado em conta ao jogar é a escolha da fonte para os textos do jogo, que muitas vezes acabam sendo ilegíveis, assim como a opção de alterar o idioma, já que o game só está disponível em inglês e mesmo assim não possui uma aba específica para configurações. Há apenas a opção de jogar, carregar e continuar. Um jogo simples e direto, mas nada acessível.

Seu mapa também é bastante contido, possui apenas 4 pontos chave sendo um deles o grande desafio do jogo, o que pode ser interessante para quem busca um jogo rápido e leve, dado em conta que ele não consome nem 1GB de memória da armazenamento.

VEREDITO

The Eternal Castle

Por fim, no quesito diversão, é uma boa pedida para os players mais saudosistas. Para quem está buscando um jogo mais focado em história, é possível que The Eternal Castle não seja tão interessante. É um jogo bastante simples em alguns aspectos e extremamente complicado em outros, e é exatamente esse ponto mais complexo que mais impacta na experiência do jogador – o que nos leva a questionar se o conceito passa por cima do valor da experiência ou agrega.

THE ETERNAL CASTLE [REMASTERED]
  • História
  • Jogabilidade
  • Gráficos
  • Som
2.3

RESUMO

É um jogo bastante simples em alguns aspectos e extremamente complicado em outros, e é exatamente esse ponto mais complexo que mais impacta na experiência do jogador – o que nos leva a questionar se o conceito passa por cima do valor da experiência ou agrega.