Epic Games processa Apple após Fortnite ser retirado da App Store

Fortnite registra queda de 60% dos usuários ativos

Fortnite registrou um forte decréscimo de jogadores ativos devido à batalha judicial entre Apple e Epic Games: Uma queda considerável de 60%.

Esta queda forte fez com que a Epic começasse uma “guerra” para tentar colocar Fortnite de volta à Apple Store. A empresa defende que a maior base de usuários ativos estava vindo justamente do iOS.

Uma audiência para decidir sobre este assunto já está marcada no dia 28 de setembro, mas a Epic Games tenta resolver o caso antes desta data.

Na última sexta-feira (4), a Epic fez uma apelação à Corte dos Estados Unidos (judiciário) para que a Apple seja obrigada novamente à inserir Fortnite em sua loja virtual.

O estúdio tenta resolver a situação antes da audiência oficial, marcada no dia 28 de setembro. Um dos maiores temores da Epic é justamente o posicionamento do juiz do caso, Yvonne Gonzalez Rogers, que já deu indícios de que não irá obrigar empresas à tomares decisões forçadas.

Fortnite: O impacto da perda

Gráfico ilustrativo

No total, Fortninte possui 350 milhões de usuários registrados: Destes, 116 milhões estão registrados no iOS, cerca de um terço da quantidade total.

Nesta apelação feita às instituições, a Epic possui um receio de que estes usuários acabem não voltando quando/se a situação for resolvida.

Toda esta polêmica começou quando a Apple e o Google tomaram a decisão de remover Fortnite da Apple Store por causa do preço considerado “abusivo” das V-Bucks, além de um novo sistema de pagamento ter sido adicionado com trânsito direto entre o consumidor e a Epic, que estava achando as taxas do Google muito “abusivas”.

Ao menos, teremos capítulos decisivos desta disputa neste setembro.

Fonte: The Verge