Crítica | Viúva Negra |Uma explosiva entrega de bastão

Viúva Negra

Finalmente! ‘Viúva Negra‘, o primeiro filme da tão esperada fase 4 da Marvel, estreou e trouxe muita explosão e algumas revelações, mas nada demais.

Depois de meses de adiamentos devido a pandemia do COVID-19, o tão esperado filme da primeira vingadora do UCM estreou trazendo a sensação de que veio tarde demais, no entanto, no momento perfeito para iniciar um novo arco.

A história se passa após os acontecimentos de ‘Capitão América: Guerra Civil‘, onde temos uma Viúva Negra fugindo do governo americano após violar o tratado de Sokovia e isolando-se na Noruega. Lá temos a clássica Jornada do Herói, onde Natasha recebe uma encomenda extremamente importante, que é o seu Chamado para a Aventura, após ser atacada por aquele que chamam de Treinador — que mais a frente se revela um plot bem mais interessante.

Agora, reencontrando a sua irmã em uma cena de ação muito bem coreografada, temos a reunião de família, que se mostra bem humorada e muito bem escrita. A atuação da Florence Pugh como Yelena é fantástica e se encaixa bastante com o drama da personagem durante a trama. David Harbour como Alexei é um baita alívio cômico e traz um tom de leveza, assim como uma atuação bastante convincente de um personagem que chegamos a sentir raiva nos 15 primeiros minutos de filme e depois nos apegamos.

Toda a construção da trama é em volta do que de fato ocorreu em Budapeste, na tão comentada missão de Clint Barton e Natasha. Enfim descobrimos o que aconteceu por meio de pequenas descrições, acompanhado de um flashback que apresenta o maior erro de Natasha Romanoff e também o seu maior arrependimento. É a partir daí que entendemos melhor quem é a Viúva Negra e os traumas que ela carrega. Mas o filme, apesar de tudo, não foca apenas — e principalmente — na vingadora, mas nas Viúvas Negras, que era o grupo ao qual a mesma participava antes de aparentemente acabar com tudo para entrar para a SHIELD.

Um ponto que deixa bastante curiosidade é o fato de que no início do filme temos a SHIELD perseguindo a família falsa de Natasha e disparando contra eles, enquanto alguns anos após ela se une aos mesmos que quase a mataram na infância. O fato é apenas relevado no filme, assim como muitas outras coisas que você deve apelar para a suspensão de descrença como cair de uma estação no céu que está sendo destruída e nenhum destroço atingir nenhum personagem nem paraquedas.

Em alguns quesitos, o filme chega a ser bastante caricato, o que aparenta ser de propósito para trazer um impacto visual no filme. Como poses de super-heróis que são usadas como uma piada interna do filme e explosões atrás de personagens para mostrar o quanto eles são incríveis.

Viúva Negra
  • Viúva Negra
2.5