Conecte-se com a Torre

Diretor de quests em Cyberpunk 2077 comenta sua não linearidade

Games

Diretor de quests em Cyberpunk 2077 comenta sua não linearidade

Cyberpunk 2077 é um dos próximos games mais esperados. Seja pelo legado de The Witcher ou pela nova proposta, a CD Projekt RED sabe como empolgar os fãs. O game recebeu uma longa gameplay há alguns meses e mostrou que tem muito potencial. Mas mesmo sendo uma longa gameplay não tivemos tantos outros detalhes.

O diretor de quests do game, Matheusz Tomasziewic deu uma entrevista para o site espanhol Area Jugones e contou mais detalhes sobre como o jogo funciona. Ele comentou sobre o game não ser linear e como o game pode se destacar em relação aos outros. Segundo ele o jogo tem consequências, bons personagens e etc, mas o grande destaque é a sua não-linearidade.

Isso quer dizer que há mais de uma maneira de se completar uma missão com base no personagem que criou, nas ferramentas utilizadas e entre outros. Ele ainda aponta que isso é o que diferencia o game de The Witcher, por exemplo. No caso do jogo do Bruxo, sua gameplay era linear, mas com missões imprevisíveis. No caso de Cyberpunk 2077 isso será aplicado à jogabilidade também.

Por fim o diretor ainda comentou suas inspirações. Para ele, o primeiro Deux Ex e Vampire – The Masquerade estão sendo de grande importância. Deux Ex por ter uma grande liberdade em suas missões – não apenas nos diálogos, mas coisas relacionadas ao cenário – e Vampire por ser um game não linear tanto na jogabilidade quanto em gameplay.

Cyberpunk 2077 será lançado para Playstation 4, Xbox One e PC – foi enfatizado que seu desenvolvimento está focado nessa geração – e ainda de acordo com o diretor o game “será lançado quando estiver pronto”. Só nos resta esperar.

  • Postagem revisada por Felipe Vidal

Comentários

Mais em Games

Topo