#E32019 | Baldur’s Gate III é anunciado oficialmente

 

Quase vinte anos após o lançamento do majestoso Baldur’s Gate II: Shadows of Amn, foi anunciada, durante o evento do Google Stadia, a sequência da aclamada franquia de RPG baseada em Dungeons & Dragons, que está sendo desenvolvida pela Larian Studios, responsável por Divinity: Original Sin.

Swen Vincke, CEO da Larian, revelou que o desenvolvimento de Baldur’s Gate III teve início durante o ciclo de desenvolvimento de Divinity: Original Sin 2, quando a Wizards of the Coast – editora de Dungeons & Dragons – entrou em contato com o estúdio de Vincke para trazer Baldur’s Gate III à vida.

O teaser apresentado durante o evento mostra uma rua da cidade de Baldur’s Gate com vários corpos do que aparentam ser soldados ou guardas, e de um beco, sai um homem vestindo uma armadura, com o brasão da Flaming Fist, uma organização de mercenários cujos membros operam como  guardas da cidade. O homem parece estar ferido e assustado, e sua atenção então se volta para um ponto vazio na rua, para o qual aponta sua espada, como se sentisse algo vindo de lá. Logo o homem começa a cuspir sangue e a se contorcer, sofrendo uma metamorfose (em D&D este processo de dominação do hospedeiro por um “girino” Illithid se chama Ceremorfose), que culmina em sua transformação e um Illithid – popularmente chamado de Mind Flayer, ou Devorador de Mentes – enquanto uma tempestade se aproxima, e em meio às nuvens e aos relâmpagos, a sombra gigantesca de um Nautiloid – uma bizarra nave Illithid capaz de viajar entre os planos –  com enormes tentáculos surge no céu, e ao longe é possível ver outros pontos menores entre as nuvens, provavelmente representando outros Nautiloids e mostrando o início da invasão Illithid.

O jogo, ainda sem data de lançamento, estará disponível para compra no PC através do Steam e do GoG, e no serviço de streaming de jogos do Google, o Stadia. Nada foi dito sobre versões para consoles, embora seja uma aposta plausível dada a presença dos dois Divinity: Original Sin em consoles, além da recente confirmação de versões de console para os jogos da Infinity Engine – dentre os quais estão Baldur’s Gate 1 e 2, além de outros clássicos como Planescape: Torment, Neverwinter Nights e Icewind Dale.

 

 

Jogo os jogos que você não conhece e os que já esqueceu que existem. Sou fascinado pelo Famicom e meu forte são retrocoisas. Escrevo sobre joguinhos no Torre de Controle. Falo sobre jogos e NFL no meu Twitter @ramidraws. Don't Believe the Hype!